Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: IX
Nº: 414

Rotas Beirãs: Uma vila de chalets, mesmo às portas da serra Voltar

 

Mantendo a toada de Inverno, esta semana continuamos a revisitar a nossa belíssima e chamativa Serra da Estrela, mais propriamente a zona das Penhas da Saúde, mesmo às portas da serra. Desta feita, falo provavelmente do elemento montanhoso mais característico que temos a nível turístico, os chalets da montanha do grupo Luna. Esta vila de chalets, com o típico estilo de montanha inspirado nos alpes suíços e na sua arquitetura, tem uma vista incrível sobre a cidade da Covilhã e é sem dúvida o local ideal para aproveitar a paz e recarregar baterias. O rústico é elemento dominante nestes chalets, com a madeira a ser o ator principal de todo o seu exterior e interior.

Em relação aos chalets propriamente ditos, estes têm uma capacidade para seis pessoas, em três quartos num total de 50 metros quadrados. Alguns deles têm vista panorâmica para um cenário incrível, enquanto que os mais recuados acabam por ser mais reservados mas perdem essa possibilidade. Convém referir que estes chalets estão perto do hotel principal do grupo Luna, sendo que quem fica alojado nos mesmos também tem acesso aos serviços que este disponibiliza, tanto a nível de refeições, como também a piscina interior e exterior aquecida, que permite desfrutar e ir a banhos durante todo o ano, algo essencial neste tipo de espaços, já que a sua principal atratividade é a época em que a serra está nevada.

Para quem gosta de cenários montanhosos e isolados do mundo urbano e moderno como destino de férias ou escapadinhas de fim-de-semana, dificilmente encontrará melhor do que esta opção, em que a própria experiência de dormir num típico chalet se tornará um escape da realidade habitual. Claro que esta opção não é para todas as carteiras se optarem por ir em grupos pequenos, mas se aproveitarem a lotação máxima do chalet de seis pessoas, o preço baixa drasticamente por pessoa e torna-se uma opção válida e interessante para fazer algo diferente. Aconselho vivamente a experiência!

- 04 Fev, 2020
- Fernando Gil Teixeira