Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: IX
Nº: 409

Rotas Beirãs: Cine-Teatro Avenida, o polo cultural de Castelo Branco Voltar

Atualmente, um dos polos culturais que mais artistas e espetáculos de maior dimensão traz ao nosso distrito é sem sombra de dúvidas o Cine-Teatro Avenida em Castelo Branco. Inaugurado em Outubro de 1954 com as peças “Prémio Nobel” e “Ceia dos Cardeais”, este edifício é emblemático no centro urbano da cidade que se tem desenvolvido ao longo da zona das docas. Viveu durante 30 anos um autêntico frenesim, com muita atividade cultural e atraindo muito público um pouco de todo o país, enquadrando-se claramente numa aposta de valorização patrimonial e cultural que foi sendo feita na altura com a criação destas salas de espetáculos.

Em 1986, o impensável aconteceu, quando um grande incêndio consumiu o edifício, obrigando à sua municipalização, sendo que coube depois então à Câmara Municipal de Castelo Branco a qual reconstrução e transformação. É hoje uma sala de espetáculos bastante moderna e atual a nível arquitetónico, tendo 7 camarotes, 408 lugares para a plateia e mais 264 de balcão, no seu belíssimo primeiro andar que traz à memória as grandes salas de cinema que existiram no século XX.

Este ano, o cartaz cultural que lhe foi atribuído é especialmente rico em quantidade e qualidade, com muita música, teatro e cinema independente, que conferem a este espaço muitos fins-de-semana de casa lotada, sendo ainda hoje local de eleição para os habitantes não só da cidade mas de todo o distrito.

 

 

 

- 21 Jan, 2020
- Fernando Gil Teixeira