Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: IX
Nº: 431

Estações Náuticas do Centro apresentadas na Praia Fluvial de Fernandaires Voltar

Foi em Vila de Rei, na Praia Fluvial de Fernandaires, que decorreu a sessão de apresentação das Estações Náuticas do Centro de Portugal, numa cerimónia que contou com a presença da Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, do Presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, e do Presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires.

A iniciativa teve como objetivo dar a conhecer as potencialidades das Estações Náuticas (EN) e do turismo náutico para o desenvolvimento e valorização dos territórios, num mercado que atrai largos milhares de visitantes todos os anos e que apresentam um enorme potencial e capacidades para reforçar estes números.

A sessão começou com o Presidente da Autarquia Vilarregense, Ricardo Aires que referiu que, “ enquanto parceiro da Estação Náutica de Castelo do Bode, Vila de Rei consegue comprovar a enorme relevância da oferta turística náutica no seu Concelho, que atrai milhares de visitantes e contribui, de forma integrada, para dinamizar os serviços locais, restaurantes, alojamentos, empresas do ramo do turismo, associações locais e todas as entidades que, direta ou indiretamente, saem valorizadas com este aumento do número de visitantes”, aproveitando para “deixar o apelo: aproveite a oferta turística das nossas Estações Náuticas e faça férias no Centro do nosso País!”

Em seguida, o Presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, destacou a “importância de, em tempos difíceis, sermos mais criativos e conseguirmos novos produtos com os recursos já existentes. Podemos construir um produto turístico de qualidade, envolvendo diferentes agentes, numa oferta integrada do território.”

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, no início do seu discurso aproveitou para agradecer e afirmar que “num território e águas que tão bem conheço. Estive na génese, enquanto autarca, da criação da primeira estância mundial de wakeboard e é com muita amizade e gosto que posso servir o meu país e a minha região, que é esta.” De seguida, referiu a necessidade de “aliar o turismo a outros setores, como a agricultura, de forma a garantir mais pessoas na região e, desse modo, divulgar as potencialidades e os produtos endógenos da região. Devemos promover o turismo interno e trabalharmos juntos para sairmos desta crise mais fortalecidos e com capacidades adicionais.”

Durante a sessão, foi ainda feita a apresentação da Plataforma Nautical Portugal pelo Fórum Oceano, que dispõe toda a informação sobre as 24 Estações Náuticas certificadas no nosso país.

- 01 ago, 2020
- Diana Quintela