Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: VII
Nº: 376

Feira Internacional de Turismo: Guarda celebra Interior como destino turístico para todos Voltar

CERTAME. Feira Ibérica de Turismo que se realiza de 2 a 5 de maio, na Guarda, pretende realçar os territórios de baixa densidade como destino turístico de excelência pela sua singularidade e autenticidade

 

A Feira Ibérica de Turismo (FIT) é o maior certame de Turismo no Interior do país e nesta edição, a sexta, o enfoque é justamente o Turismo de Interior, tema de destaque na FIT 2019 que quer realçar os territórios de baixa densidade como destino turístico de excelência pela sua singularidade e autenticidade. A Guarda, a meio caminho entre Lisboa e Madrid, volta a ser a capital do Turismo Ibérico, entre 2 e 5 de maio, tendo como destino convidado, nesta edição, a Província de A Coruña (Galiza, Espanha). A Província irá participar desenvolvendo a sua mais recente campanha de promoção territorial sob o slogan «Coruña Like». Ferrolterra, A Coruña e as Mariñas, as Terras de Santiago, a Costa da Morte, a Ría de Muros e Noia e a Ría de Arousa Norte são alguns dos destinos propostos por esta bela região galega.

Nesta edição há expositores e entidades de todos os quadrantes da Península Ibérica: de norte a sul e de este a oeste. A FIT conta com participações desde Silves no Algarve à Corunha na Galiza, ou desde o Pico nos Açores a Ávila no extremo da região de Castilla y León. Vão estar representadas mais de 500 entidades, entre: Regiões de Turismo, Hotéis, Agências de Viagem, Termas, Municípios, Associações de Municípios, Comunidades Intermunicipais, Empresas ligadas ao Desporto de Aventura e da área da Tecnologia, Gastronomia, Organismos Oficiais, Turismo de Natureza e Enoturismo.

A feira realiza-se desde 2014 e continua em pleno crescimento. A 1ª edição contou com 4000 m2 de área coberta e em 2019 estão previstos perto de 11 000 m2. De referir também o crescimento no número de visitantes. Se em 2014 a FIT recebeu cerca de 20.000 visitas, na sua última edição, em 2018, perto de 35.000 visitaram o certame ibérico. Tal como nas edições anteriores, a Feira conta com uma área de restauração diversificada onde se encontra também o Palco FIT; uma área destinada a apresentações, uma zona Lounge e uma outra destinada à imprensa.

Os principais objetivos da FIT são promover o setor do turismo ibérico, fomentar o intercâmbio transfronteiriço, estimular o relacionamento comercial e o progresso dos vários setores e segmentos da economia e, consequentemente, o desenvolvimento dos territórios. A Guarda tem uma localização privilegiada na península ibérica, sendo por isso uma plataforma estratégica para a realização de um certame desta natureza. A feira tem vindo a afirmar-se como uma plataforma transfronteiriça no panorama ibérico dos eventos ligados ao Turismo, uma oportunidade singular de divulgação, promoção, captação e desenvolvimento de fluxos turísticos e de valorização dos recursos.

A FIT é inaugurada oficialmente no dia 2 de maio, às 17 horas, pelo ministro-adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, no Parque Urbano do Rio Diz, recinto habitual do certame, mas a abertura ao público será um pouco antes, ao início da tarde, pelas 15 horas.

Os bilhetes para a feira estarão à venda no local. Nesta edição, o ingresso diário custa dois euros e o geral - para os quatro dias - custa cinco euros. As crianças até aos 12 anos têm entrada gratuita.

Para além da oferta turística variada, o público que visita a feira poderá ainda usufruir de um programa diversificado que contempla concertos, showcooking, provas gastronómicas, demonstrações, entre muitas outras propostas. Paralelamente ao programa da feira decorrerão também atividades complementares organizadas pelos expositores.

 

- 09 Abr, 2019
- Ricardo Tavares
}