Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: VII
Nº: 381

Mestrados e Doutoramentos da UBI com uma acreditação máxima de seis anos Voltar

Por parte da entidade que avalia os cursos de Ensino Superior em Portugal, a A3ES (Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior), quatro cursos de 2.º Ciclo/Mestrado e dois de 3.º Ciclo/Doutoramento da UBI receberam acreditação de seis anos.  

Os mestrados e doutoramentos que têm autorização de funcionamento pelo período máximo previsto por lei são em Ciências do Desporto e em Gestão, e ainda os mestrados em Gestão de Unidade de Saúde e em Empreendedorismo e Criação de Empresas. 

A decisão resulta do parecer positivo emitido pelas comissões de avaliação externas, compostas por especialistas selecionados pela A3ES. Estes elementos justificaram a recomendação para a acreditação com as condições que encontraram na Universidade da Beira Interior, e que são garantia da qualidade do ensino ministrado nessas áreas, em diversos parâmetros. 

São então no âmbito do processo, analisados aspetos como a caracterização geral do ciclo de estudos, adequação do corpo docente e pessoal não-docente, estudantes, resultados académicos, atividades científicas e tecnológicas, nível de internacionalização e organização interna, entre outros.

Os seis cursos avaliados integram a oferta formativa da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH), mais precisamente os departamentos de Ciências do Desporto (DCD) e de Gestão e Economia (DGE). 

Nos últimos anos, o Departamento de Ciências do Desporto surge listado duas vezes no Ranking de Shanghai, enquanto a área de Gestão e Economia aparece associada à posição de destaque da UBI no ranking setorial do Times Higher Education intitulado "Business & Economics".

Um outro parâmetro que permite aferir a excelência do ensino e investigação, são os prémios conquistados quer por docentes, quer por alunos, como o exemplo do galardão de «Melhor Tese de Doutoramento» em Ciências do Desporto, de Pedro Forte, atribuído pelo CIDESD, e o Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio 2018, que premiou Vítor Figueiredo, doutorado em Gestão. Na vertente dos prémios destaque também para  o Prémio PORDATA Inovação que foi conquistado por António Marques, docente do DGE, e por Daniel Pais e Tiago Afonso, estudantes de 3.º Ciclo/Doutoramento da UBI.

Nesta altura está aberto o concurso de acesso a estes cursos e restantes concursos de Mestrado e Doutoramento, para o próximo ano. A primeira fase de candidatura está aberta até 30 de abril e encontra-se disponível em online.

- 15 Abr, 2019
}