Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: VII
Nº: 385

Hugo Nascimento vai ser o autor dos novos «Pecados» gastronómicos do Convento do Seixo Voltar

GASTRONOMIA. O Jornal Fórum Covilhã esteve na apresentação do novo chef do restaurante do remodelado Convento do Seixo, edifício histórico do Fundão que foi recuperado para servir este projeto. Promete-se mais proximidade às pessoas

            Na passada sexta-feira o Convento do Seixo vestiu-se de gala para apresentar o novo chef do seu restaurante «Pecado» e a sua nova carta gastronómica que foi totalmente renovada para esta nova fase do projeto. O chef será Hugo Nascimento, que é chef desde 2004 e aprendiz do célebre chef Vítor Sobral. Apresentado como um criativo nato, o chef tem vários projetos, tanto a nível nacional como lá fora, sendo que após ter delinado a carta do restaurante terá agora um papel importante de consultor gastronómico para o Convento do Seixo. Além disso, é conhecido pelas suas passagens em programas de culinária na televisão, nomeadamente o Masterchef Portugal e o Famílias Frente a Frente.

            Entre os convidados estiveram desde representantes dos orgãos camarários até a empresários de renome da cidade do Fundão, num evento que surgiu para aproximar as diversas entidades e estreitar as ligações entre estas. A apresentação contou com uma breve descrição do chef Hugo Nascimento que referiu que os seus grandes objetivos neste novo projecto é “aproximar o restaurante e o hotel das gentes da região”, tendo criado pratos de conforto e com produtos locais de forma a criar essa ligação e simbiose entre a comida e o meio envolvente. “Queremos retirar esse lado mais formal com que o Convento é visto e chamar as pessoas a virem provar os nossos pratos sem terem essa ideia de que o Convento é imponente e inacessível, é suposto termos as portas abertas para todas as pessoas daqui”, foi este o desafio lançado pelo chef.

            A ementa desta apresentação consistiu em cinco pratos diferentes que foram servidos aos convidados: brulhões (equivalente aos maranhos) que foram servidos como entrada; como pratos principais serviu-se um bacalhau em cama de legumes e um ensopado de cabrito; seguiu-se uma tábua de queijos regionais com doce a acompanhar; e por último, para adoçar, a sobremesa foi um pudim acompanhado de um crumble de maçã e uma calda de morango e cereja.

- 13 Mai, 2019
- Fernando Gil Teixeira
}