Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: VII
Nº: 387

Rotas Beirãs: Igreja de Santa Maria «no coração» da Covilhã Voltar

A Igreja de Santa Maria faz parte do quotidiano da grande maioria dos covilhanenses, sendo considerada uma das igrejas mas bonitas do nosso país, muito devido ao ter toda a sua fachada e paredes cobertas pelos famosos azuleijos azuis e brancos, como outras grandes igrejas por Portugal fora.

Esta igreja está situada bem no centro histórico da Covilhã, nas Portas do Sol, por detrás da Câmara Municipal da Covilhã, estando no local que receberá em breve o já famoso Festival da Cherovia. Os azulejos azuis e brancos que a compõem representam a vida da Virgem Maria e esta igreja já foi conhecida outrora como a Capela de Santa Maria do Castelo, sendo que a sua construção já remonta ao início do século XVI, mas foi sofrendo diversas alterações a nível arquitectónico ao longo dos anos, principalmente no século XX, onde lhe foi dado o estilo mais barroco que actualmente a caracteriza e os famosos azulejos, que ao contrário do que muita gente pensa nem sempre fizeram parte da estrutura original.

Dentro desta belíssima igreja da nossa cidade há onze altares, sendo que cinco dos quais são dedicados a Nossa Senhora, que se encontra representada em nove imagens diferentes no total no interior desta inconfundível igreja covilhanense.

 

- 13 Ago, 2019
- Fernando Gil Teixeira