Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: VII
Nº: 396

"Rotas Beirãs": Monsanto, “a Aldeia mais portuguesa de Portugal” Voltar

Monsanto é conjuntamente com Idanha-a-Velha uma freguesia do município de Idanha-a-Nova, por muito contraditório que isso possa parecer. A mesma sempre havia sido freguesia individualizada, mas tal acabou em 2013 com a união de freguesias em massa que aconteceu por todo o nosso país. Ainda assim, Monsanto ainda vai mantendo o título de “Aldeia mais portuguesa de Portugal”, título esse que tem desde 1938, quando venceu o troféu do Galo de Prata. Nos últimos sensos, esta pequena aldeia tinha pouco mais de 800 habitantes.

Mas, apesar de ter cada vez menos pessoas a habitar em si, Monsanto continua a atraír milhares de turistas ao distrito de Castelo Branco. Visitar Monsanto é fazer uma autêntica viagem no tempo. Revisitar a presença humana nas mais diversas épocas, com muitos elementos completamente intactos, assim como percorrer as suas ruas íngremes e quase sempre de subidas acentuadas (não fosse o facto de se localizar numa encosta), é como que voltar ao passado e vê-lo no presente ainda com mais magia. Muitas das casas da aldeias foram mesmo construídas em cima de rochas de muitos metros e de enorme diâmetro, tranformando Monsanto num pequeno cenários de contos de fadas, parecendo que nela habitam ainda hoje ogres, anões e afins.

Visitando Monsanto, pode subir bem até ao seu alto e quase a 800 metros de altura tem o seu castelo ainda com as muralhas em muito bom estado de conservação. Pelo caminho passará por uma gruta que ainda hoje existe no centro da aldeia, assim como algumas capelas e miradouros de vistas fabulosas, para desfrutar ao máximo da experiência. Perca-se por Monsanto, pois é de facto em Monsanto e na sua tranquilidade, que mais se sente Portugal.

- 28 Out, 2019
- Fernando Gil Teixeira